MP decide abrir investigação para apurar declarações de deputada sobre propina na Paraíba

O Ministério Público decidiu ontem instaurar uma Notícia de Fato para apurar o conteúdo das declarações da deputada Drª Paula (Progressistas). Na última terça-feira (08), durante a sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba, a parlamentar afirmou que “muitos” deputados receberiam propina.

A informação foi confirmada hoje ao Blog pelo procurador-geral de Justiça, Antônio Hortêncio.

O procedimento ficará por conta da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à improbidade Administrativa (Ccrimp).

“Um policial deveria ganhar melhor do que um deputado porque deputado tem o salário dele e muitos têm outros salários, muitos ainda recebe propina. Isso é que é vergonhoso”, disse a deputada.

Mesmo genéricas, e sem dados específicos, a frase tem repercutido muito no ambiente político do Estado.

O objetivo do MP é esclarecer e tentar aprofundar o conteúdo das declarações.

“O que foi relatado é algo genérico. Possivelmente, isso ficará por conta da Ccrimp, ela (Drª Paula) será chamada para esclarecer, para particularizar algo que foi dito de forma genérica”, disse Hortêncio ao Blog.

Confira aqui as declarações da deputada:

O pronunciamento foi criticado pelos deputados e o presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), mandou tirar a frase dos registros oficiais da sessão.

A decisão do MP, de iniciar o procedimento, é mais do que necessária. Embora tenha sido genérica, a declaração precisa ser apurada. Não convocar a deputada para prestar esclarecimentos e apresentar dados objetivos sobre o tema seria deixar ‘no espaço’ uma afirmação gravíssima.

Com informações do Pleno Poder

Cobertura FontePB

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias da Paraíba, do Brasil e do mundo? Siga o FontePB nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Acompanhe!